Pedrouços
   
Página Inicial Contactos  
     
  E-Mail Login
Actualize os dados da sua Freguesia
AINDA NÃO TEM SITE?
Escolha aqui a melhor solução
LINKS
Links Uteis
FARMÁCIAS
Farmácias de Serviço
HOME | PORTUGAL » Porto » Maia » Pedrouços

Recolha de Material Escolar
Censos de 2011
Freguesia de Pedrouços - População - Censos 2001 & 2011
Ler mais...
Atestados
Para requerer um atestado será necessário dirigir-se à Junta de Freguesia
Ler mais...
MAPA GOOGLE
Mapa das Estradas
Reorganização administrativa do território (Lei n.º 22/2012, de 30 de maio)
Freguesia: Pedrouços

A Freguesia Pedrouços não sofreu alterações

Distrito: Porto
Concelho: Maia
 
Freguesia: Pedrouços
CONTACTOS
 
Morada Av.N.Sra.da Natividade, 250
Cód. Postal 4425-671 Pedrouços
Telefone 229016708
Fax 229028541
Email mail@jf-pedroucos.pt
Site www.jf-pedroucos.pt

   

EXECUTIVO DA JUNTA
 
Presidente
Joaquim de Freitas Araújo
Secretário
Isabel das Dores Ferreira Carvalho
Tesoureiro
António Luís Soares Monteiro
 
 

 
Vogal
Ivo Orlando Madureira Ribeiro
Vogal
Rui Manuel Oliveira Santos
(ruisantos@jf-pedroucos.pt)

ASSEMBLEIA DA FREGUESIA
 
Presidente
António Henrique de Almeida Rodrigues Fonseca
Secretário
António de Almeida Teixeira
Secretário
Ana Lúcia de Carvalho Costa
 
 
Restantes Elementos
Ana Joaquina Gonçalves Vilela Carlos Alberto Moreira Caseira Hugo Miguel Gomes Salgueiro
     
Joaquim Fernando Jesus Teixeira Joaquim Fernando Pereira Araújo José Alberto Borges Barros Júlio
     
José Augusto Silva Pinho Mónica Isabel Ferreira da Silva Oliveira Sandra Maria Cardoso Rocha Monteiro
     
   
  Vírgílio Mendes Garcia  
     
 

DESCRIÇÃO DA FREGUESIA
 
Pedrouços é a mais recente freguesia das 17 que integram o concelho da Maia, no distrito do Porto; criada em 1985, Pedrouços dista da sede concelhia aproximadamente 9 quilómetros e é em parte limitada pelo ribeiro do Boi-Morto. O seu orago é Nossa Senhora da Natividade, todos os anos celebrada com grande festividade, no mês de Setembro.

O topónimo "Pedrouços" deriva do português antigo "pedrouço", que tem o significado de "monte de pedras"; este topónimo atesta de certo modo a ancianidade da povoação; contudo, outros topónimos como "Cutamas", da Quinta de Cutamas, que deriva do árabe "Kutama", nome de tribo que passou a antropónimo, sendo ainda usado no século X entre os moçárabes, são indicativos de maior ancianidade do povoamento do local.

As origens do povoamento de Pedrouços perdem-se nos tempos; povoada em épocas muito: O recuadas, no seu território existiram edificações castrejas e pré-romanas, dos princípios do século I a.c. Esta região foi passagem de romanos, suevos, visigodos e árabes, que encontraram no seu território, óptimas condições de refúgio e de sobrevivência.

Como tantas outras freguesias, a sua importância foi aumentando à medida que os barões de Entre-Douro e Minho, começaram a pensar na independência do Condado Portucalense. Com a Batalha de S. Mamede, travada em 24 de Junho de 1128 "in campo Sancte Mametis quod est prope castellum de Vimaranes", entre D. Teresa, detentora do governo do Condado Portucalense tendo a seu lado fidalgos castelhanos. e o Infante Afonso Henriques, seu filho, três pessoas tiveram um papel fundamental para que o resultado final da refrega fosse positivo: D. Gonçalo Mendes da Maia, "O Lidador", D. Soeiro Mendes da Maia, "O Bom" e D. Paio Mendes da Maia, "O Arcebispo". Como prova de gratidão, D. Afonso Henriques dividiu as "Terras da Maia" em três condados, oferencendo a "Maia" a D. Gonçalo. o "Castêlo" a D. Soeiro e "Águas Santas" a D. Paio, assim como todas as terras que a rodeavam. Desta forma, a povoação de Pedrouços ficava a pertencer a Águas Santas.

Em 1743 foi construída a capela de Nossa Senhora da Natividade, provavelmente sucedendo a um templo anterior, para cumprimento de promessas feitas à Virgem; em 1928, tomou-se sede da paróquia de Pedrouços, sendo actualmente um importante monumento do património cultural e edifícado.

Após anos de luta para a sua desagregação da freguesia de Águas Santas, a 14 de Junho de 1980, a comissão de moradores de Pedrouços fez a entrega do projecto de elevação a freguesia, a um deputado da Assembleia da República Quase cinco anos depois, a 23 de Maio de 1985. foi aprovada na Assembleia de Freguesia de Águas Santas, a passagem de Pedrouços a freguesia, que entrou em vigor a 4 de Outubro, pelo Decreto Lei 91/85, publicado no suplemento do "Diário da República".

A freguesia de Pedrouços é dotada de um invejável património cultural, do qual passamos a destacar, a já referida Igreja de Nossa Senhora da Natividade, a Casa de Augusto Simões, os vários edificios setecentistas na Rua de Luís de Camões, a Casa do Alto, localizada na Quinta das Cutamas; a Quinta do Torreão e os antigos lavadouros.

No aspecto económico, a agricultura foi a actividade predominante durante muitos séculos e, embora já não abundem os extensos campos de linho e de milho, continua-se a produzir o suficiente para o sustento de algumas famílias, que se dedicam também à produção de leite e à criação de gado A industrialização e o comércio têm tido algum desenvolvlmento nos últimos anos em Pedrouços, uma vez que esta freguesia se insere num concelho onde a indústria tem um papel fulcral e onde estão representados quase todas as vertentes desta actividade económica.

Agradecimentos à Dra. Carmina Laura Neves da da Fonseca Domingues da Mota - Professora na Escola EB2/3 de Pedrouços, Professora de Educação Visual e Tecnológica, Pintora - pelo texto da História da Freguesia de Pedrouços.
 
 
Home | Soluções | Mapa das Estradas | Login | Link Úteis | Publicidade | Contactos
freguesias.pt © 2006 Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Declaração de Privacidade