.:: Freguesia de Piedade ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
« »
Quarta-Feira, 28.2.2024
 
Contacte-nos
Notícias
Sons Vadios
Sons Vadios
[PT] Sons Vadios nos Açores com trio celta no Forte de Santa Catarina
MiratecArts, a associação cultural com sede na ilha do Pico, junta-se à cooperativa Sons Vadios, para apresentar na ilha montanha o que se faz por Portugal em termos musicais. A próxima aposta é o trio celta que se apresenta neste domingo, 23 de julho, na temporada Música no Forte.
A celebrar 10 anos de percurso musical, o trio Espiral guia-nos pelo imaginário celta e convida-nos a uma viagem sonora pelas músicas tradicionais da Irlanda, Escócia, Galiza, País de Gales e Bretanha, a par de composições próprias. Anne Clément nas flautas de bisel, tin whistle e gaita-de-foles galega, Emiliana Silva no violino, e Sara Vidal na harpa celta, guitarra acústica e voz, transportam a audiência a um mundo cheio de emoções, num ambiente intimista folk, ao pôr-do-sol de domingo no histórico Forte de Santa Catarina.
Espiral faz parte da equipa de Sons Vadios, uma cooperativa cultural fundada por músicos, assumindo-se como uma plataforma especializada de música folk e tradicional em Portugal, apostando em três eixos de ação: criação, edição e promoção. Um colectivo dedicado à divulgação da música de raiz portuguesa e à criação de novas oportunidades para a produção nacional, promovendo a sua internacionalização e consolidação no mercado das músicas do mundo. " Sons Vadios é uma entidade perfeita para sermos parceiros," admite Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, " e esperamos que esta vinda do trio Espiral à Música no Forte solidifique a parceria, para que muitos mais projetos portugueses cheguem à ilha montanha."
Música no Forte acontece aos domingos, às 19h30, no Forte de Santa Catarina. O projeto da MiratecArts com o Município das Lajes do Pico tem entrada livre. Em situações climáticas imprevisíveis, o concerto pode mudar, no mesmo horário, para o Auditório Municipal das Lajes do Pico. www.miratecarts.com
[PT] Sons Vadios in the Azores with Celtic trio at Forte de Santa Catarina
MiratecArts, the cultural association based on the island of Pico, joins the cooperative Sons Vadios, to present on the mountain island what is done by Portugal in musical terms. The next bet is the Celtic trio that performs this Sunday, July 23, in the Música no Forte season.
Celebrating 10 years of musical journey, the trio Espiral guides us through the Celtic imaginary and invites us to a sound journey through the traditional music of Ireland, Scotland, Galicia, Wales and Brittany, along with their own compositions. Anne Clément on recorders, tin whistle and Galician bagpipes, Emiliana Silva on violin, and Sara Vidal on Celtic harp, acoustic guitar and voice, transport the audience to a world full of emotions, in an intimate folk atmosphere, at sunset on Sunday at the historic Santa Catarina Fort.
Espiral is part of the Sons Vadios team, a cultural cooperative founded by musicians, assuming itself as a specialized platform for folk and traditional music in Portugal, betting on three axes of action: creation, edition and promotion. A collective dedicated to the dissemination of Portuguese roots music and the creation of new opportunities for national production, promoting its internationalization and consolidation in the world music market. "Sons Vadios is a perfect entity for us to partner with," admits Terry Costa, artistic director of MiratecArts, "and we hope that this coming of the trio Espiral
nos Açores com trio celta no Forte de Santa Catarina
MiratecArts, a associação cultural com sede na ilha do Pico, junta-se à cooperativa Sons Vadios, para apresentar na ilha montanha o que se faz por Portugal em termos musicais. A próxima aposta é o trio celta que se apresenta neste domingo, 23 de julho, na temporada Música no Forte.
A celebrar 10 anos de percurso musical, o trio Espiral guia-nos pelo imaginário celta e convida-nos a uma viagem sonora pelas músicas tradicionais da Irlanda, Escócia, Galiza, País de Gales e Bretanha, a par de composições próprias. Anne Clément nas flautas de bisel, tin whistle e gaita-de-foles galega, Emiliana Silva no violino, e Sara Vidal na harpa celta, guitarra acústica e voz, transportam a audiência a um mundo cheio de emoções, num ambiente intimista folk, ao pôr-do-sol de domingo no histórico Forte de Santa Catarina.
Espiral faz parte da equipa de Sons Vadios, uma cooperativa cultural fundada por músicos, assumindo-se como uma plataforma especializada de música folk e tradicional em Portugal, apostando em três eixos de ação: criação, edição e promoção. Um colectivo dedicado à divulgação da música de raiz portuguesa e à criação de novas oportunidades para a produção nacional, promovendo a sua internacionalização e consolidação no mercado das músicas do mundo. " Sons Vadios é uma entidade perfeita para sermos parceiros," admite Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, " e esperamos que esta vinda do trio Espiral à Música no Forte solidifique a parceria, para que muitos mais projetos portugueses cheguem à ilha montanha."
Música no Forte acontece aos domingos, às 19h30, no Forte de Santa Catarina. O projeto da MiratecArts com o Município das Lajes do Pico tem entrada livre. Em situações climáticas imprevisíveis, o concerto pode mudar, no mesmo horário, para o Auditório Municipal das Lajes do Pico. www.miratecarts.com
[PT] Sons Vadios in the Azores with Celtic trio at Forte de Santa Catarina
MiratecArts, the cultural association based on the island of Pico, joins the cooperative Sons Vadios, to present on the mountain island what is done by Portugal in musical terms. The next bet is the Celtic trio that performs this Sunday, July 23, in the Música no Forte season.
Celebrating 10 years of musical journey, the trio Espiral guides us through the Celtic imaginary and invites us to a sound journey through the traditional music of Ireland, Scotland, Galicia, Wales and Brittany, along with their own compositions. Anne Clément on recorders, tin whistle and Galician bagpipes, Emiliana Silva on violin, and Sara Vidal on Celtic harp, acoustic guitar and voice, transport the audience to a world full of emotions, in an intimate folk atmosphere, at sunset on Sunday at the historic Santa Catarina Fort.
Espiral is part of the Sons Vadios team, a cultural cooperative founded by musicians, assuming itself as a specialized platform for folk and traditional music in Portugal, betting on three axes of action: creation, edition and promotion. A collective dedicated to the dissemination of Portuguese roots music and the creation of new opportunities for national production, promoting its internationalization and consolidation in the world music market. "Sons Vadios is a perfect entity for us to partner with," admits Terry Costa, artistic director of MiratecArts, "and we hope that this coming of the trio Espiral
nos Açores com trio celta no Forte de Santa Catarina
MiratecArts, a associação cultural com sede na ilha do Pico, junta-se à cooperativa Sons Vadios, para apresentar na ilha montanha o que se faz por Portugal em termos musicais. A próxima aposta é o trio celta que se apresenta neste domingo, 23 de julho, na temporada Música no Forte.
A celebrar 10 anos de percurso musical, o trio Espiral guia-nos pelo imaginário celta e convida-nos a uma viagem sonora pelas músicas tradicionais da Irlanda, Escócia, Galiza, País de Gales e Bretanha, a par de composições próprias. Anne Clément nas flautas de bisel, tin whistle e gaita-de-foles galega, Emiliana Silva no violino, e Sara Vidal na harpa celta, guitarra acústica e voz, transportam a audiência a um mundo cheio de emoções, num ambiente intimista folk, ao pôr-do-sol de domingo no histórico Forte de Santa Catarina.
Espiral faz parte da equipa de Sons Vadios, uma cooperativa cultural fundada por músicos, assumindo-se como uma plataforma especializada de música folk e tradicional em Portugal, apostando em três eixos de ação: criação, edição e promoção. Um colectivo dedicado à divulgação da música de raiz portuguesa e à criação de novas oportunidades para a produção nacional, promovendo a sua internacionalização e consolidação no mercado das músicas do mundo. " Sons Vadios é uma entidade perfeita para sermos parceiros," admite Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, " e esperamos que esta vinda do trio Espiral à Música no Forte solidifique a parceria, para que muitos mais projetos portugueses cheguem à ilha montanha."
Música no Forte acontece aos domingos, às 19h30, no Forte de Santa Catarina. O projeto da MiratecArts com o Município das Lajes do Pico tem entrada livre. Em situações climáticas imprevisíveis, o concerto pode mudar, no mesmo horário, para o Auditório Municipal das Lajes do Pico. www.miratecarts.com
[PT] Sons Vadios in the Azores with Celtic trio at Forte de Santa Catarina
MiratecArts, the cultural association based on the island of Pico, joins the cooperative Sons Vadios, to present on the mountain island what is done by Portugal in musical terms. The next bet is the Celtic trio that performs this Sunday, July 23, in the Música no Forte season.
Celebrating 10 years of musical journey, the trio Espiral guides us through the Celtic imaginary and invites us to a sound journey through the traditional music of Ireland, Scotland, Galicia, Wales and Brittany, along with their own compositions. Anne Clément on recorders, tin whistle and Galician bagpipes, Emiliana Silva on violin, and Sara Vidal on Celtic harp, acoustic guitar and voice, transport the audience to a world full of emotions, in an intimate folk atmosphere, at sunset on Sunday at the historic Santa Catarina Fort.
Espiral is part of the Sons Vadios team, a cultural cooperative founded by musicians, assuming itself as a specialized platform for folk and traditional music in Portugal, betting on three axes of action: creation, edition and promotion. A collective dedicated to the dissemination of Portuguese roots music and the creation of new opportunities for national production, promoting its internationalization and consolidation in the world music market. "Sons Vadios is a perfect entity for us to partner with," admits Terry Costa, artistic director of MiratecArts, "and we hope that this coming of the trio Espiral
Notícias
Agenda de Eventos
D S T Q Q S S
     1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29
Horário de Funcionamento
Horário de Funcionamento
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 118
Total: 330203
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de Piedade © 2010 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px