São João de Negrilhos
   
Página Inicial Contactos  
     
  E-Mail Login
Actualize os dados da sua Freguesia
AINDA NÃO TEM SITE?
Escolha aqui a melhor solução
LINKS
Links Uteis
FARMÁCIAS
Farmácias de Serviço
HOME | PORTUGAL » Beja » Aljustrel » São João de Negrilhos
MAPA GOOGLE
Mapa das Estradas
Reorganização administrativa do território (Lei n.º 22/2012, de 30 de maio)
Freguesia: São João de Negrilhos

A Freguesia São João de Negrilhos não sofreu alterações

Distrito: Beja
Concelho: Aljustrel
 
Freguesia: São João de Negrilhos
CONTACTOS
 
Morada Largo da República nº 11
Cód. Postal 7600-413 - São João De Negrilhos
Telefone 284 666 111
Fax 284666620
Email j.f.s.j.negrilhos@mail.telepac.pt
Site www.saojoaodenegrilhos.freguesias.pt

   
ÁREA GEOGRÁFICA(km2) 76.6

EXECUTIVO DA JUNTA
 
Presidente
Rui Pedro da Silva Faustino (PS)
Secretário
Maria José Silva Fortes Jordão (PS)
Tesoureiro
António Marçalo Santana (PS)
 
 

 
ASSEMBLEIA DA FREGUESIA
 
Presidente
Maria Francisca Espada Petronilho (PS)
Secretário
Cristina Isabel Jorge Loução Espada (PS)
Secretário
Nelson Miguel Espada Sabino (PS)
 
 
Restantes Elementos

Nuno Miguel Gracinhas Martins (CDU)

Ana Raquel Caixeirinho Daminano (PS)

Paulo Jorge Dias (CDU)

Maria Ernestina da Conceição Alves Ramos (PS)

Susana Paulino Manuel (CDU)

Armando Rocha Lança Castanho (PS)

 

DESCRIÇÃO DA FREGUESIA
 
A Freguesia de São João de Negrilhos, fica situada no concelho de Aljustrel, distrito de Beja, província do Baixo Alentejo. Em termos judiciais pertence à comarca de Ferreira do Alentejo e é composta por três aglomerados populacionais, denominados: Aldeia Velha, Aldeia Nova e Jungeiros.
A freguesia tem cerca de 2100 habitantes, numa área de 76,6 Km 2, o que origina uma densidade populacional de 27 habitantes por Km2.
A primeira referência á então denominada Aldeia de Negrilhos, ascende a 1532. No censo populacional dessa data refere-se que a localidade se situava a lêgua e meia a poente da Vila de Aljustrel. Nesta aldeia viviam cerca de 14 moradores, sendo 5 deles viúvas. Nos montes afastados viviam 186 moradores, contando-se entre eles vinte e uma viúvas, uma mulher solteira e uma celibatária.
Sabe-se que em 1721 a freguesia de São João de Negrilhos possuía um capelão chamado Manuel Ramos, o qual vivia com um irmão e duas irmãs, assim como, como um escravo, duas escravinhas e um criado.
Para além da aldeia existiam mais locais que faziam parte da freguesia; O Monte das Fontainhas, Monte do Outeiro, Monte do Cascallo, Monte dos Gaiozos, Monte dos Seveiros, Monte Carrascal, Monte do Azinhal, Monte da Misericórdia, Monte Branco de Baixo, Monte Novo e Caniceira, Monte das Sesmarias, Monte da Charneca, Monte Farrobo e Monte do Cerro Calvo. Ainda se integrava a Aldeia de Jungeiros, os Montes das Adegas e das Adegas e Branco de Cima, a localidade de Montes Velhos, a Herdade do mesmo nome, Monte do Chacafre de Cima, Monte dos Tomazinhos e Herdade do Chacafre de Baixo.
Todos estes locais eram habitados, por familias mais ou menos númerosas.
Em 1758, após o terramoto de 1755, freguesia de São João de  Negrilhos volta a ser referida no Dicionário Geográfico da Torre do Tombo. Na época é situada na Província do Alentejo, Arcebispo de Évora, Comarca da Vila de Ourique, nos termos da Vila de Aljustrel.
Situada junto á ribeira do Roxo distava uma légua da vila de Aljustrel e duas da deMessejana. Abrangia no seu espaço geográfico,
da freguesia, duas aldeias: jungeiros e Montes Velhos, sendo composta por diversas herdades.
Sabe-se que em 1721 a freguesia de São João de Negrilhos possuía um capelão chamado Manuel Ramos.
O orago da freguesia era São João de Negrilhos, provavelmente derivado de "Sam Joam de Los Grilhos ( Joannes in vinicules) ( São João da Prisão ).

O Paroco da Igreja era Capelão  Curador e pertencia a Ordem de Santiago, recebendo uma renda em géneros alimentares e em dinheiro, por parte da comenda da Vila de Aljustrel.
O terreno agrícola da freguesia era fértil .
Para compreender a importância histórica desta freguesia deve-se ter em linha de conta a evolução religiosa de alguns edifícios que possuía.
Em 1565 é referida pela primeira vez a Igreja de São João de Negrilhos (Montes Velhos). Na época o edifício localizava-se na Aldeia de Negrilhos e tinha uma capela anexa, denominada de São João Curador. Em 1565 a Igreja Matriz encontrava-se reedificada, o que apontava para uma fundação anterior ao século XVI. Com o corpo coberto por telha vã, apresentava no interior algumas imagens de santos. No século XVII, em 1734, a Capela de São João Curador teve Como Ermitão Rafael Morato Batista, voltando a ser documentada em 1758, tal como a Igreja Matriz que era desprovida de nave: Possuia esta última, um altar-mor dedicada a Nossa Senhora do Rosário e ás almas: No interior do edifício, ainda existiam as imagens de São Pedro e de São Sebastião.
Com o terramoto de 1755 a Igreja Paroquial ruiu pelos alicerces e em 1758 encontrava-se nesse estado. Os edifícios divinos celebravam-se, então, numa casa anexa á Igreja.
Nos arredores da freguesia de São João de Negrilhos existe a Ermida de Santa Margarida. No século XVIII era local de romagem a 20 de julho, dia de Santa Peregrinação religiosa que ascendia, pelo menos ao século anterior.
 
 
Home | Soluções | Mapa das Estradas | Login | Link Úteis | Publicidade | Contactos
freguesias.pt © 2006 Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Declaração de Privacidade