Souto da Carpalhosa
   
Página Inicial Contactos  
     
  E-Mail Login
Actualize os dados da sua Freguesia
AINDA NÃO TEM SITE?
Escolha aqui a melhor solução
LINKS
Links Uteis
FARMÁCIAS
Farmácias de Serviço
HOME | PORTUGAL » Leiria » Leiria » Souto da Carpalhosa
MAPA GOOGLE
Mapa das Estradas
Reorganização administrativa do território (Lei n.º 22/2012, de 30 de maio)
Freguesia: Souto da Carpalhosa
Novo Nome: União das freguesias de Souto da Carpalhosa e Ortigosa,

Freguesias agregadas: Ortigosa, Souto da Carpalhosa
Distrito: Leiria
Concelho: Leiria
 
Freguesia: Souto da Carpalhosa
CONTACTOS
 
Morada Largo Santíssimo Salvador, 448
Cód. Postal 2425-522 Souto da Carpalhosa
Telefone 244 613 198

   


DESCRIÇÃO DA FREGUESIA
 
O Ano de criação da Freguesia de Souto da Carpalhosa é desconhecido. Existem documentos datados de 1211 e 1218 que apontam a existência da freguesia do Souto, hoje Souto da Carpalhosa, contudo não é encontrada qualquer referência à constituição efectiva desta freguesia.
Sabemos, através de O Couseiro ou Memórias do Bispado de Leiria, que em 1218 já era freguesia. Pertencia ao Bispado de Coimbra e tinha como cura o cónego Estevão de Santa Cruz.
Consta desta obra a transcrição da doação que certifica a existência desta freguesia. “Pedro Mendes, e Pedro Vieira, e outros moradores fizeram doação duma propriedade, que tinham no lugar do Souto, ao prior e religiosos de Santa Cruz para nela se fazerem igreja e cemitério”.
Mas se em 1218 o Souto já era um curato, pode-se perfeitamente admitir que a instituição paroquial era do início de século XIII ou até dos fins do século anterior. Tanto que segundo o número especial  de Leiria-Fátima (Órgão Oficial da Diocese) publicado pelo 450º Aniversário da Diocese de Leiria garante, com certeza, de que a igreja de S.Salvador do Souto foi fundada em finais de 1180 e entregue a sua administração aos cónegos de Santa Cruz, com a obrigação de ali construírem um cemitério. Tudo isto denuncia a sua funcionalidade como igreja paroquial , ou então  que se pretendia que funcionasse como tal.
Outro elemento que corrobora esta tese é a existência de uma convenção, datada de Dezembro de 1211, entre o mosteiro de Santa Cruz de Coimbra e os clérigos de Leiria, que definia a repartição dos rendimentos no termo leiriense. Neste documento são referenciadas 10 paróquias, cinco urbanas e cinco rurais onde nesta última categoria figura a paróquia de S. Salvador do Souto.


1.2. Evolução

A existência desta freguesia data do século XIII, mas actualmente a sua área não corresponde à sua dimensão inicial. Resultante da dinâmica da população, bem como da reorganização episcopal, foram-se destacando novas freguesias.
Em 1589 foi desanexada a Freguesia de Monte Redondo que actualmente corresponde a três freguesias: Monte Redondo (1589), Coimbrão(1636) e Bajouca (1971).
Já no século XX surgem duas novas freguesias; a da Ortigosa em 1962 e a da Carreira em 1989.
Há ainda a  salientar que em 1638 a Freguesia do Souto foi elevada a Vigararia.

1.1 Caracterização
A Freguesia de Souto da Carpalhosa situa-se na região do Pinhal Litoral, a 15 Kms a norte da cidade de Leiria.
Esta antiquíssima freguesia estende-se sobre uma superfície de 30,3 km2, sendo hoje a oitava maior, quer em população quer em área, no concelho de Leiria. As freguesias vizinhas são quase todas ex-território da mesma, sendo que a norte confronta com as freguesias de Carreira, Monte Redondo e Bajouca, a Sul com a freguesia da Ortigosa, a Nascente com a Bidoeira de Cima e a Poente com a Freguesia de Monte Real.:
Esta Freguesia localiza-se próximo dos 32.º de latitude Norte e dos 0º 20’ de longitude Oeste, numa área um que o ponto mais alto se encontra próximo dos 160m.
O território da Freguesia de Souto da Carpalhosa apesar de se inserir numa região de relevo pouco acentuado é caracterizado pela existência de outeiros, montes, colinas e montanhas pouco acentuadas entrecortadas por vales onde situam ribeiros afluentes do Rio Lis.
Podemos identificar como principais as seguintes ribeiras: a Ribeira da Assenha, que atravessa o lugar do Souto e posteriormente as Várzeas; o Ribeiro da Carpalhosa ao qual se juntam os ribeiros de São Bento e Camarneira e do Vale da Amieira e também a Ribeira de Monte Agudo (limite de freguesia).
As características de relevo da freguesia justificam muito o espírito de “capelinha” existente entre as localidades. As ribeiras dividem claramente a freguesia em três partes que em tempos idos constituíam barreiras naturais entre as várias comunidades. Antes da abertura dos principais caminhos municipais, quando as chuvas aumentavam consideravelmente os caudais dos ribeiros, tornava-os impossíveis de transpor. As deslocações à sede de Freguesia eram limitadas a carreiros. O isolamento era um facto, a inexistência de vias de comunicação entre os vários lugares centrais da freguesia foi uma realidade até ao anos 60 do século XX.
Esta freguesia é constituída por 23 lugares. Podemos identificar nove localidades que se destacam. São lugares centrais que apresentam uma dinâmica social muito demarcada e independente dos lugares limítrofes.
São lugares onde se constituíram colectividades e onde existe uma igreja ou capela.  Assim sendo, consideramos:
-Arroteia
-Chã da Laranjeira (Assenha, Atalho, Camarneira e Pega)
-Conqueiros
-Moita da Roda
-Picoto
-S.Miguel (Penedo)
-Souto da Carpalhosa
-Vale da Pedra (Carpalhosa, Casal Telheiro, Estremadouro, Jã da Rua, Marinha da Carpalhosa, Outeiro, Relvinhas, S.Bento e , Sargaçal).
- Várzeas

 
 
Home | Soluções | Mapa das Estradas | Login | Link Úteis | Publicidade | Contactos
freguesias.pt © 2006 Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Declaração de Privacidade