.:: Santa Marinha e São Pedro da Afurada ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
Início
Quarta-Feira, 26.9.2018
 
Contacte-nos
Farmácias
Caracterização/Censos
 
     A Afurada é a mais recente e mais típica freguesia do concelho de Vila Nova de Gaia. Situa-se na margem esquerda do rio Douro, bem próximo da sua foz. O seu nome primitivo era Furada, sendo assim designada nos forais de D. Dinis em 1228 e de D. Manuel em 1518. Zona tipicamente piscatória, acolhia pescadores vindos de outras terras como Espinho, Ovar e Murtosa, que diziam que vinham à pesca "à Furada", dando assim origem ao seu nome actual, Afurada.

     A Afurada foi lugar da freguesia de Santa Marinha até 1952. A construção de um templo local aconteceu em 1894, tendo este sido destruído por um temporal, o que não impediu de ser erguido, no mesmo local, um monumento a S. Pedro, padroeiro da localidade.    

     Apesar da densidade populacional, instituições e parâmetros mínimos exigidos serem cumpridos, apenas em 1952 se cria a freguesia de S. Pedro da Afurada. A tão boa localização e os tão bons areais, referidos nos Forais de Gaia, para a pesca, começaram a ser cobiçadas pelos habitantes de outros centros piscatórios. De um modo geral, os povos que moram junto dos grandes rios estão sempre preocupados com a hipótese de uma grande cheia ou de tempestades que lhes levem os homens do mar. O primeiro naufrágio que se fala é o de 27 de Fevereiro de 1892, onde morreram muitos pescadores, deixando viúvas e órfãos. Logo que se criou um movimento de solidariedade com a criação de uma creche.

     Em 1892 iniciou o funcionamento da creche que dava pensões às viúvas e até enxovais às filhas órfãs. A manutenção contou com a bondade de várias pessoas da terra que angariavam fundos. A administração da creche da Afurada foi entregue à associação das Creches, com sede em Santa Marinha, onde pertencia a Afurada. Foi encerrada em 1948 por falta de recursos e de crianças. Até à data, na Afurada, não se criou outra creche.

     Outra característica desta freguesia diz respeito às festas de S. Pedro, a primeira festa foi em 1908 aquando da construção da capela. Daí em diante a Comissão Administrativa da Capela continuou a fazer anualmente a festa de S. Pedro. S. Pedro é o padroeiro da freguesia, mas é principalmente dos pescadores, que fazem a grande maioria dos habitantes. Terra de grande tradição religiosa, da qual salientamos a majestosa procissão, com andores que transportam imagens de santos e santas em tamanho real, sendo acompanhada pelos pescadores nos seus trajes tradicionais e por muitos cumpridores de promessas, a maior parte das vezes descalços. Ao passarem em frente ao rio Douro, procede-se à cerimónia de bênção dos barcos que se manifestam através dos morteiros que atordoam os ares. O povo sente esta emoção até às lágrimas, numa belíssima e sentida homenagem a S. Pedro, santo padroeiro dos pescadores afuradenses. 

    Uma instituição bem conhecida pelos habitantes da Afurada, sobretudo pelos mais idosos, é a Casa doa Pescadores. A Casa dos Pescadores era o local onde se tratavam praticamente todos os assuntos relacionados com a pesca. Atribuía também pensões de viuvez, subsídio de morte, nascimento, casamento e ainda de doença (Araújo 1992). A casa dos Pescadores funcionava então como uma espécie de instituição da “segurança social”. Na sede da casa dos Pescadores funcionou, em tempos, a Escola de Formação Feminina e a Escola de Pesca. No entanto, com o passar dos anos, à Casa dos Pescadores foram retiradas competências já que muitas destas faziam parte da responsabilidade da segurança social. Já na actualidade, a freguesia de S. Pedro da Afurada é uma das freguesias com maior densidade populacional (3457 Hab/KM), segundo os sensos, 2001) e com apenas 1Km, a maioria de zona ribeirinha.

 

(in ARAÚJO, Joaquim (1992) História da Afurada)

 
Agenda de Eventos
D S T Q Q S S
       1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
Vinho do Porto
Taxas e regulamentos
Dia da Defesa Nacional
Telefones Úteis
Relógio
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 39
Total: 233974
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Santa Marinha e São Pedro da Afurada © 2014 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px