.:: Junta de Freguesia de Fajão e Vidual - Pampilhosa da Serra ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
« »
Segunda-Feira, 06.4.2020
 
Contacte-nos
Farmácias
COVID-19
SUGESTÕES PARA UMA VISITA
Capela de Santo António: A capela de Santo António, erigida no meio da povoação, foi a antiga Igreja Paroquial. O templo, de modestas proporções, tem apenas 18 metros de comprimento por 6,47 metros de largura. A torre está adossada ao lado direito do edifício e foi construída já depois de Vidual ter sido elevada a freguesia. A porta é de verga curva com cimalha do mesmo recorte.

No interior estão quatro altares com tribunas entalhadas do final do século XVIII. O altar-mor ostenta um retábulo com a "Coroação da Virgem", da autoria da conterrânea Júlia Nunes de Brito, que o ofereceu à Igreja em 1953. Trata-se de uma cópia da "Coroação da Virgem" de Velásquez exposta no Museu do Prado, em Madrid. Os altares laterais são muito simples denunciando alguns elementos renascentistas.
O altar do lado da Epístola tem duas redomas. Na superior está a Imagem da Senhora das Dores, de madeira policromada, obra dos finais do século XVIII e na inferior está o Senhor dos Aflitos, também de madeira policromada, da mesma época.
Do lado do Evangelho fica o altar de Santa Bárbara. Este altar foi oferecido pelo Padre Manuel José Nunes, natural da freguesia. Junto ao púlpito fica o altar do Coração de Jesus, mais simples e mais recente que os outros altares. Julga-se ter sido mandado construir pelo Padre Amaral, natural de Pescanseco. O seu custeamento foi feito com o dinheiro das bulas de dois anos.

Igreja Paroquial: Erigida à entrada da povoação, a nova Igreja Paroquial é um templo de linhas arquitectónicas modernas. Foi inaugurada em 1971 e tem por padroeiro S. Sebastião. De planta poligonal, sobressai do lado direito a torre sineira de base rectangular. Esta nova Igreja foi construída no local onde se encontrava a antiga Capela de S. Sebastião, que foi benzida por provisão de 20 de Setembro de 1823, concedida por D. Bernardo António de Figueiredo, Prior de S. Paio e Provisor do Bispado da Guarda.

Lagar de Vara: Ao fundo da aldeia ainda se pode ver um lagar de vara, tipicamente português, movido a água, construído em 1941.

Barragem de Santa Luzia: A construção desta barragem iniciou-se em 1931 e em 1934 procedeu-se ao levantamento da albufeira, que terminou em Março de 1935. A bacia hidrográfica de Santa Luzia tem 50 Km2 e recebe água da albufeira do Alto Ceira, canalizada através de um túnel de derivação com 6.945 metros de comprimento. Os trabalhos da Barragem terminaram em 1942 com o fecho das comportas em Novembro desse ano, pela Companhia Eléctrica das Beiras.
O nome dado à barragem proveio da Ermida de Santa Luzia existente nos penedos, no limite das freguesias de Vidual e Cabril. Esta pequena capela foi mandada construir em 1930, pelo particular Francisco Pedro Simões, natural da Malhada do Rei, em cumprimento de uma promessa.

Agenda de Eventos
D S T Q Q S S
    1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30
Mapa Google
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de Fajão-Vidual © 2010 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px