.:: Junta de Freguesia de Calheta de Nesquim ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
Início
Quinta-Feira, 18.7.2019
Trilhos dos Açores - Pico PRC11PIC - Calheta do Nesquim

Foi aprovado pelo Gabinete de Apoio ao Turismo de Natureza e em Espaço Rural o Roteiro Turístico Pedonal da Freguesia da Calheta de Nesquim cuja candidatura foi apresentada pela respectiva Junta em Fevereiro de 2009.

Trail Info

O percurso inicia-se no Terreiro, zona central da freguesia, onde se localizam a Igreja, o Polivalente, a Capela do Divino Espírito Santo, parte do Património Baleeiro e o porto de pescas. Seguindo para o nascente, rumo à Feteira, desce-se á Feteira de baixo, zona de adegas, junto ao mar, passando pela zona balnear e parque de merendas e lazer.

Prossegue-se subindo a Canada do Mar com saída junto à casa do Abner e retoma-se o caminho da Feteira em direcção a oeste subindo em seguida o caminho das Torresmas de onde se poderá ter uma vista panorâmica sobre o centro da freguesia. Continua-se pela Canada da Igreja rumo à estrada regional. Virando-se sobre a direita, alguns metros à frente encontram a Ladeira do Furtado. Sobe-se esta até ao caminho dos Fetais. Vira-se à direita e alguns metros à frente começa a subir o caminho da Escaléria com ligação ao caminho da Mata. Voltando à esquerda prossegue-se até ao caminho de asfalto do Torrão Grande. Seguidamente vira-se à esquerda entrando num caminho de bagacina que irá, depois passar a uma pastagem particular, que é onde está localizada uma grande pedra, designada por Pedra Aguda de onde se desfruta de uma bela paisagem, onde se vê grande parte da freguesia da Calheta e parte da freguesia da Piedade, com o farol da Manhenha ao fundo e se termina a primeira parte deste percurso.

Descendo o mirante da Pedra Aguda e a própria pastagem, entra-se no caminho dos Pasteis ( antigo ) com saída à casa do Manuel José Leal, entrando no caminho do Jogo da Bola, passando pela travessa do José da Laureana e saindo na estrada regional. Prossegue-se pela Canada da Maré junto à casa de João Gonçalves com saída ao caminho das Terras Largas. Vira-se à esquerda até à vigia da baleia, podendo observar-se o seu interior e desfrutar da bela paisagem, sobre as Canadas, Morricão e Feteira.

Retoma-se o percurso descendo pela Canada da Vigia, entrando no caminho de asfalto das Canadas. Aqui, vira-se à direita até ao cemitério e prossegue-se pelo caminho de bagacina junto á costa podendo desfrutar do cheiro do mar, das uvas, dos figos  do vinho de cheiro e observar os currais de vinhas tradicionais abrigadas com muros de pedras sobrepostas,  construídos por mãos hábeis e fortes do homem do Pico.

Passagem obrigatória para apreciar a zona balnear da Poça das Mujas, convidativa a um mergulho em águas límpidas e resfrescantes e na zona de lazer do Morricão com visita ao seu moinho de vento do qual poderá também apreciar a bonita paisagem entre o verde do campo e o azul do mar. Sobe-se em seguida a antiga Canada do Moinho e chegando ao ramal, vira-se à direita descendo em direcção ao Terreiro que foi o ponto de partida e local de chegada.

Para um período de descanso e recuperação de energias poderão dirigir-se ao comércio local para fazer uma refeição ligeira, tomar uma bebida ou simplesmente desfrutar de uma conversa agradável com os simpáticos e hospitaleiros calhetenses.

No local há ainda a possibilidade de visitar e observar o Património Baleeiro desta freguesia composto pelas suas duas casas de pedra, numa das quais estão expostas as elegantes canoas baleeiras, as fotos de antigos baleeiros da freguesia, o guincho que servia para varar as lanchas, botes e traineiras da pesca do atum. A hipótese de apresentação de um filme sobre a baleação na Calheta de Nesquim está também a ser equacionada.

A visita à Igreja cujo orago é São Sebastião bem como ao porto de pescas poderão ser considerados no término desta visita pelos recantos de uma das mais bonitas freguesias da Ilha do Pico.



Mais informação em http://trilhos.visitazores.com/pt-pt/trilhos-dos-acores/pico/calheta-do-nesquim

Notícias
Agenda de Eventos
D S T Q Q S S
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
eco
Conselhos do Eco-freguesias e da sua junta de freguesia
Desde dois mil e treze que somos uma eco-freguesia, não abandone os seus resíduos…eles têm valor! Desde o 1º concurso Eco-freguesia que fazemos campanhas de sensibilização para sermos eco-freguesia. Este ano queremos continuar a sê-lo!
Folheto
Folheto
Folheto
No âmbito do concurso Ecofreguesia, a Junta de freguesia disponibiliza o folheto "O Ambiente está nas nossas mãos".
Gabinete de Apoio ao Cidadão no horário de atendimento ao público
Gabinete de Apoio ao Cidadão no horário de atendimento ao público
Casa dos botes
Casa dos Botes - Museu
A Casa dos Botes da Calheta de Nesquim está aberta ao público, permitindo aos visitantes que usufruem deste espaço apreciar as canoas baleeiras, as fotos de antigos baleeiros da freguesia, os troféus arrecadados nas provas desportivas de remo e vela e um
Livro Calheta de Nesquim - Terra de Heróis

Disponível na Casa dos Botes da Calheta de Nesquim, aberta ap público de segunda a sexta feiras.

trilho
Trilhos dos Açores - Pico PRC11PIC - Calheta do Nesquim
O percurso inicia-se no Terreiro, zona central da freguesia, onde se localizam a Igreja, o Polivalente, a Capela do Divino Espírito Santo, parte do Património Baleeiro e o porto de pescas. Seguindo para o nascente, rumo à Feteira, desce-se á Feteira de ba
Sociedade Filarmonica Lira Fraternal Calhetense
A Sociedade Filarmónica Lira Fraternal Calhetense surge em 1888.
Escritor Dias de Melo
José Dias de Melo nasceu na Ca..
HOMENAGEAR DIAS DE MELO
Uma homenagem a Dias de Melo, colocando um busto na sua terra natal, a Calheta de Nesquim, está a ser preparada para se concretizar em 2013.
Lenda da Calheta de Nesquim
No século XVI, numa tempestuosa e escura noite, um barco à deriva, vindo do Brasil, carregado de madeira, naufragou na costa sul do Pico.
Capitao Anselmo Silveira
O Capitão Anselmo, Anselmo Silveira da Silva, nasceu na freguesia da Calheta de Nesquim em 1833.
Orago - São Sebastião
S. Sebastião é o padroeiro desta freguesia comemorando-se a 20 de Janeiro. Inicialmente a sua festa
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 60
Total: 141213
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de Calheta de Nesquim © 2008 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px