.:: Freguesia de União das freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
Brasao
 
« »
Segunda-Feira, 16.9.2019
 
Contacte-nos
MAÇÃO, PENHASCO E ABOBOREIRA
 

Aboboreira, freguesia do concelho de Mação, é detentora de uma área de 29,2 quilómetros quadrados, distribuídos pelos seguintes agregados populacionais: Aboboreira, Casalinho, Cerro do Outeiro, Chão de Codes, Louriceira, e Vale de Amêndoa. Está limitada a Norte pelo concelho de Vila de Rei, a Sul e a Sudoeste pela freguesia de Penhascoso, a Nascente pela freguesia de Mação e a Poente pelo concelho do Sardoal.

 

A época da origem desta localidade é difícil de precisar, mas, ao que tudo indica, a presença humana remonta ao Paleolítico, do qual foram encontrados diversos vestígios. Tempos depois esteve sob o domínio do povo romano. Para além destes vestígios arqueológicos, os documentos relativos à história de Aboboreira são escassos. Sabe-se que foi conquistada por D. Afonso Henriques aos muçulmanos em meados do século XII. Nesta investida o monarca terá contado com a ajuda dos cruzados da Ordem de Malta.

Um dos documentos que informa sobre o passado mais recente desta localidade é o inventário das freguesias do reino de 1758, que o Marquês de Pombal mandou organizar. Neste escrito, Aboboreira era um lugar do termo da vila de Abrantes, tendo por donatário a "Excelentíssima Duqueza Camarera Mor".

As opiniões sobre a origem deste topónimo divergem, não estando ainda comprovado sobre a qual incide a sua origem. Segundo alguns, Aboboreira deriva do fruto abóbora, que abunda na freguesia. No entanto, outros autores referem que o termo se explica com dados históricos. Assim, terá surgido de um dote de terra a que davam o nome de "eira" que foi doado a alguém de nome "Abraãm". Logo, era a eira do Abraão, ou o que mais tarde viria a resultar em Aboboreira (Abraãm + eira). Ainda existe uma outra teoria, que apresenta a árvore de nome Figueira como explicação para o nome da freguesia. Dizem os mais antigos da aldeia que em Aboboreira existiam muitas figueiras de qualidade "abebora", às quais as pessoas ainda hoje chamam Abebreiras. Alguns dos habitantes mais idosos desta localidade, ao referirem-se à sua terra, costumam dizer "Abebreira".

O orago desta simpática freguesia é São Silvestre, cuja festa se celebra em Portugal no dia 31 de Dezembro.

 
Notícias
Mação
Penhascoso
Aboboreira
Festival do Almeirão
Festival do Almeirão
Candidaturas Abertas de 15 de janeiro a 15 de fevereiro, até às 23h59
VI Convívio para a Terceira Idade
VI Convívio para a Terceira Idade
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de União das freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira © 2010 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px