.:: Freguesia de Piedade ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
« »
Terça-Feira, 05.7.2022
 
Contacte-nos
Notícias
COVID-19
Gastronomia
 

PT || SOPAS DO ESPÍRITO SANTO 
EN || 
 HOLY SPIRIT SOUPS

 
PT || Um dos pratos mais emblemáticos e tradicional da nossa freguesia são as designadas "Sopas do Espírito Santo". Este é um prato típico não só da freguesia da Piedade mas de todas as freguesias dos Açores, onde cada ilha e freguesia confeciona este prato das mais variadas formas.
Este prato é confecionado na altura das típicas festividades em Honra do Espírito Santo, onde a sua origem ligada aos objetivos primordiais dos chamados "impérios" do Espírito Santo, também eles muito divulgados em todas as ilhas. Estes objetivos são, fundamentalmente, o da partilha da carne e do pão, pelos mais necessitados. Relatos dos nossos antepassados contam que inicialmente a carne e o pão seriam distribuídos apenas pelos pobres, mas que, na prática, eram repartidos com quase todos os habitantes de cada uma das freguesias das nove ilhas, uma vez que nestas reinava bastante pobreza. Inicialmente, a carne seria oferecida crua juntamente com o pão cozido, costume que ainda se mantinha na primeira metade do século passado, nalgumas ilhas ou em algumas freguesias, como era o caso da Fajã Grande das Flores.
Atualmente, em todas as freguesias e em todos os impérios a carne e o pão são partilhados depois de cozinhados, sob a forma de Sopas do Espírito Santo, servidas no dia das festas do Divino Espírito Santo, a todos os irmãos e a muitos convidados.
Estas sopas são confecionadas com pão seco ou pão caseiro que é, posteriormente, coberto com o caldo que resultou da água que cozeu a carne, devidamente temperada. Ao pão, antes de ser coberto com o caldo, é, também, adicionada hortelã e outros condimentos. A carne cozida serve-se juntamente com o pão. Existem ilhas/freguesias em que são adicionados vegetais, tais como cenoura e repolho. Para além destas sopas, é incluída no cardápio do dia da festa, em muitas das freguesias picoenses, a famosa carne assada e, por fim, ainda é servido o tradicional arroz doce, sobre o qual, com canela em pó, é desenhado, em cada prato ou travessa, o símbolo do Paráclito, nas ilhas - a coroa.

EN || One of the most emblematic and traditional dishes of our parish are called "Sopas do Espírito Santo". This is typical not only of the parish of Piedade but of all the parishes of the Azores, where each island and parish prepares this dish in the most varied ways. This dish is made at the time of typical festivities in Honor of Espírito Santo, where its origin is linked to the primary objectives of the so-called "empires" of Espírito Santo, they are also very popular in all the islands. These goals are for the meat and bread of sharing, necessary. Reports from our ancestors tell us that only meat and bread were distributed to the poor, but that, in practice, they were shared with all the inhabitants of one of the parishes of the nine islands, since poverty reigned a lot in these. The first case was the raw case that with the first stew of flowers, the first case of Fajã das Flores, maintained as the first period of Fajã das Flores. Currently, in all parishes and in all empires, meat and bread are shared after cooking, in the form of Soups of the Holy Spirit, served on the feast day of the Holy Spirit, to all the brothers and many guests. Soups are made with dry bread or homemade bread that is later covered with the broth that resulted from the water that cooked the meat, properly seasoned. To the bread, to be covered with the broth, mint and other spices are also added. Cooked meat to be served exactly with the bread. There are/countries where vegetables such as carrots and cabbage are added. In addition to these soups, the famous roast beef is included in the menu on the feast day, in many of the parishes of Pico, and, finally, the traditional sweet rice is served, on which, with powdered cinnamon, it is designed, in each dish or platter, the symbol of the Paraclete, in the islands - the crown.
______________________________________________________________________
PT || CALDO DE PEIXE
ENG || FISH SOUP


PT || Este prato tornou-se tipicamente conhecido nas várias mesas das "adegas" da freguesia, estimando-se que tenha sido implementada na ilha nos anos 40 do passado século. Este prato pode ser confecionado das mais variadas formas sendo que, na freguesia, é confecionado de diferentes formas em cada casa.
Quanto maior for a variedade de peixes utilizada, melhor. Estes são cozinhados e com eles prepara-se um caldo que depois é servido à parte e que se vai bebendo enquanto se come o peixe com as "sopas de pão de milho". Estas "sopas de pão de milho" são confecionadas com o caldo em que é cozido o peixe.

Dicas para a confecção:
- Seleccionar pelo menos quatro espécies de peixe (bicuda, sargo, garoupa, írio, etc.). Cortar em postas grossas e temperar com sal.
- Numa panela grande, coloque água, salsa, polpa de tomate ou tomate pelado, cebola e alho de rama de preferência. Deixe ferver mais ou menos 1/2 hora. Junte o peixe e deixe cozer.
- Num almofariz/ gral, pisar salsa com dentes de alho, sal grosso e um pouco de vinagre. Estando tudo em papa, juntar um pouco da água onde o peixe foi cozido. Na altura de servir no prato,  regar o peixe com o molho preparado. Ao mesmo tempo, servir o caldo em tigelas. Come-se o peixe com as sopas de pão de milho ao mesmo tempo que se vão bebendo golinhos de caldo.
É um prato muita vez confeccionado em casa de particulares como também em festividades públicas, como por exemplo, chamarritas.

EN || This dish became typically known on the various tables of the parish's "cellars", estimated to have been implemented on the island in the 40s of the last century. This dish can be prepared in a variety of ways and, in the parish, it is prepared in different ways in each house.The greater the variety of fish used, the better. These are cooked and with them a broth is prepared which is then served separately and which is drunk while eating the fish with the "corn bread soups". These "corn bread soups" are made with the broth in which the fish is cooked.

Tips for making:
- Select at least four species of fish (bicuda, bream, grouper, iris, etc.). Cut into thick slices and season with salt.
- In a large pan, place water, parsley, tomato pulp or peeled tomato, onion and raw garlic preferably. Let it boil for about 1/2 hour. Add the fish and let it cook.
- In a mortar / mortar, crush parsley with garlic cloves, coarse salt and a little vinegar. When everything is in porridge, add a little of the water where the fish was cooked. When serving on the plate, sprinkle the fish with the prepared sauce. At the same time, serve the broth in bowls. The fish is eaten with the cornbread soups while sipping the broth.

It is a dish often made in private homes as well as in public festivities, such as chamaritas.
______________________________________________________________________

PT || BOLOS DE VÉSPERA
EN || "VESPERA" CAKES


 

PT || Os "Bolos de Véspera" são confecionadas na altura do Espírito Santo, sendo que estes eram, nos tempos mais remotodos, distribuidos pelos mais pobres da freguesia.
Atualmente são "oferendas" que cada irmão de cada ponto (existem 3 pontos na freguesia da Piedade - Domingo e Segunda -feira do Espírito Santo e Domingo da Trindade) oferecem ao Império sendo que posteriormente são distribuidos pelas várias pessoas da freguesia. 

RECEITA:  ovos, banha, manteiga, açúcar, farinha, sal, fermento e água morna. São cevados e vão para o forno de lenha. 

PREPARAÇÃO: Cerca de uma dúzia de homens e mulheres trabalham durante uma manhã (alguns casos, ate depois do almoço), para que uma centena de bolos sejam distribuídos pela população. Depois de cevados os bolos, são estendidos ficando com uma forma redonda.

Com o chavão, com as insígnias do Espírito Santo marcam o bolo nove vezes, uma no centro e oito à volta, seguindo-se o furo em cima de todos os carimbos.

Esta massa não leva muito tempo a cozer. Depois de saírem do forno, são limpos do solo e untados com manteiga pra dar cor e brilho ao bolo. Depois de arrefecerem estão prontos para serem distribuídos em louvor do Divino Espírito Santo.

EN || The "Vespera Cakes" are made at the time of Espírito Santo, and these were, in the most remote times, distributed to the poorest of the parish. Currently, they are "offerings" that each brother from each point (there are 3 points in the parish of Piedade - Domingo and Monday do Espírito Santo and Domingo da Trindade) to the Império and are later distributed to several of the parish.
RECIPE: eggs, lard, butter, sugar, flour, salt, yeast and warm water. They are fatted and go to the wood oven.
PREPARATION: About a dozen men and a few women work during one morning, so that there are a hundred people distributed throughout the population. After fattening the cakes, they are extended to a round shape. With the cliché, with the insignia of the Holy Spirit, they mark the cake nine times, once in the center and eight around, followed by the hole on top of all the stamps. This dough does not take long to cook. After they come out of the oven, they are cleaned of the ground and greased with butter to give color and shine to the cake. After cooling, they are ready to be distributed in praise of the Divine Holy Spirit.

 




Notícias
Agenda de Eventos
D S T Q Q S S
      1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31
Atendimento Mensal CMLP - 05 de maio das 15h00 às 16h30
Atendimento Mensal CMLP - 05 de maio das 15h00 às 16h30
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 213
Total: 150154
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de Piedade © 2010 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px