.:: Junta de Freguesia de Alvito ::.
« »
.:: Início ::. .:: Mapa do portal ::. .:: Área Reservada ::. .:: Webmail ::. .:: Adicionar aos Favoritos ::.
Quarta-Feira, 20.9.2017
Recenseamento
Sugestões

Gentes da minha Terra I

Alvito é terra de tradições e de histórias: a história do “Boi Alvitre”, e a lenda do “Menino do Alvito”, entre outras, fazem parte do nosso imaginário colectivo.

Também a onomástica local releva aspectos bastante curiosos entre nomes e alcunhas que, ao longo dos anos e ainda hoje, identificam muitas pessoas e, por extensão, os seus familiares.

Certamente pelas mais variadas razões, a verdade é que em Alvito sempre houve pessoas conhecidas por “nomes” que nada tinham a ver com o seu nome próprio.

Esses “nomes” estavam ligados a qualquer acto praticado ou palavras ditas, acabando por entrar em no uso corrente através da boca dos colegas de escola, amigos, e até de familiares.

Em homenagem a todas essas pessoas, muitas das quais ignoramos o verdadeiro nome, vamos tentar fazer um pouco de “história”, recordando os “nomes” por que ficaram conhecidas. Esperamos que entendam o nosso objectivo e que ninguém se sinta ofendido, mas sim enaltecido, por pertencer a esta galeria e ser recordado como uma pessoa especial.

Viviam nas suas hortas

O “Zé Nabo” e o “Bacorinha”

O “Piolas” e o “Cadelo”.

Mais longe o “Pá Real”

E o amigo “Vaca é minha”.

Houve em tempos em Alvito

O senhor “Negócio da China”.

Hoje está lá o “Má Governo”

Mas o dinheiro é “Mais Forte”

P´ró “Petróleo” e “Gasolina”.

Havia “Azeite e Vinagre”

“Cachorro” e “ Paposseco”.

Eram muitos os “Perdigotos”

“Chouriço”, “Librão” e “Pinguinhas”.

Na roda do “Pirolito”

Via-se o “Papa-Latinhas”.

Por ter caído no poço

Ficou o “Afogadinho”

Morava no mesmo largo

Do amigo “Zé Direitinho”.

Havia o “Charro” e o “Grilo”

O “Arranha”e o “Arranhado”

O “Milhano” e o “Maricas”.

Poucos já se lembram

Do “Tás Parvo” e do “Ramelica”.

Eram o “Pirico” e o “Parouco”

O “Borracho” e o “Farelo”

O “Cruja” e a “Cadeira”

O “Chóina” e o “Geneto”

O “Borboleta” e o “Capoeira”.

Também havia o “Tarrinca”

“Casaca”, “Palhuço” e “Paixão”

“Rilhas”, “Casa da Farinha” e “Catias”

Sem esquecer o “Papa Feijão”.

Em dia de “Ciclone”

Havia “Balha no ar”

O “Peúgas” e o “Cuecas”

E o “Pardal Maluco” a passear.

“Zé Povinho” também havia

“Lancas” e “Chico da Mula”

Havia o “Ribeira Brava”

“Cagança” “Couto” e “Sarol”

E o “Caga na lata”também lá morava.

Havia o “Maloa” e o “Come Tudo”

“Paraloca”, “Zuca” e “Jarreta”

“Morcego”, “Carona” e “Ideia”

“Trincantes” e “Fralda”

“Chinha”, “Caricha” e “Aldeia”.

Se a memória não me engana

Recordo o “Chaneco” e o “Cara de Pau”

“Bachel” e “Fura Paredes”

“Manita de Ganso” e “Xana”.

O “Tomix” e o “Staline”

O “Homem Invisível” também.

O “Baineta “e o “Boa”

O “Pazudo” e o “Vinegre”

O “Sequeira” e o “Ti Restolho”

Não vamos esquecer ninguém.

Também lá está o “Formiga”

“Moncada Amarela”e “Saraça”

Sem esquecer o “Bonecas”

Estou a lembrar o “Lambaças”.

Com Alvito no coração

Metemo-nos neste “Sarilho”

Para lembrar o “Passado”.

Esperando que todos gostem

E ninguém fique zangado.

Eusébia Marques Cabanas

Olinda Gato Bonito

Fev/00



Gentes da minha terra II

 

Com a preciosa ajuda do senhor «Luís da Benta», e da sua boa memória, tentámos recordar mais uns “nomes” de que nos orgulhamos, por pertencerem  a uma galeria especial, que ficará, por certo, na história dos filhos de Alvito.

 

 

 

Na  vila de Alvito

Havia, o “Rei Preto” e o `”Negrito”,

Também havia o “Pau – Preto”,

O ”Calela“ e o “Querrique”.

 

Afeiçoando cabeças,

Há o “Trinta Cabelos”,

Para aparar a barbaça,

Ia-se ao mestre “Caraça”.

 

Mestre  “Teiró” o barbeiro,

Nunca viu o “Gadelha”,

Senão sua cabeleira,

Ele aparava, de que maneira!

 

“Dezoito”, lhe chamavam,

Não  sei porque razão,

Não me lembro do “Catixo”,

Muito menos do “Cagão”.

 

O “Rata Cega” trás chuva,

O “Ratinho”, dá a luz,

E toda a gente dizia,

Na Praça mora o “Lulu”.

 

 

 

 

“Brinca à sombra”, não te queimes!

“Caga Fogo”vem aí,

“Corta Vento”, não me aleijes,

“Fala Barato”, não ouvi.

 

O “Gorduras” aqui morava,

O “Chejã” e o “Bugo”,

“Papa Arroz” acompanhava,

O “Pardal” e o “Come Tudo”.

 

Ainda não havia aterros,

As sobras ficavam no chão,

O “Ferro Velho” e o “Sucata”,

Aproveitavam-nas com razão.

 

É nome de erva daninha

O seu nome “Saramago”,

Também o de “Salsinha”,

Por muitos é chamado.

 

Também havia o “Larato”,

“Moleto” e “Buxa”, que recordação…

Ainda há o “Migalhas”,

O “Chola” e o “Patarrão”.

 

“Hora a Hora” não “Bolia”,

“Moengas” e “Caracol”,

“Catrimbau” também havia,

Trabalhando sol a sol.

 

“Bananau” e “Laranjo”,

São nomes que aprendi,

Desses, eu me recordo,

“Cáqui-Ráqui” eu só li.

 

“Boi de Barro” era apelido,

De que ele não gostava,

“Boca de Boga”eu não sei,

Porque o povo lhe chamava.

 

“Salazar” era bom nome,

P`ra época, pois então,

O “Baleco” e o “Briato”,

O “Chegé” e o “Papa Feijão”.

 

Estes são nomes dos “Nossos”,

Amigos não esquecidos,

Temos orgulho de ser,

Um povo não ofendido.

 

Ninguém fique magoado,

Dos nomes que escrevi,

São nomes da “Nossa Gente”,

Orgulho da nossa raiz.

 

                                                        06/05

                                                                          olinda


MULHERES DE ALVITO

 

Mulheres da minha terra

Todas de grande coração

Irei homenageá-las

Nesta simples evocação.

 

Muitas não sei porquê

Por outros nomes chamadas,

Quer por acções ,ou casamentos,

Ficaram sempre apelidadas.

 

Maria do ChicoPires

Com sua loja situada ,

No Largo do Relógio

Era das mais afamadas.

 

Modista bem conhecida

Por Mulata chamada,

Pelas suas costureiras

Era muito estimada.

 

A Helena do Carvão

Pelas ruas apregoava,

Que o seu carvão negro,

Nunca ,nunca se apagava.

 

Folhados bem folhadinhos,

E outros doutra maneira,

Para os fazer saborosos

Só a Maria Padeira.

 

No Rossio uma estalagem

Acolhia quem chegava,

 Henriqueta Curre-Curre

A todos bem tratava.

 

 

 

 

Todos os dias, de Beja.

Trazia o que se lhe pedia,

Era a nossa esta

Notícias    
Alvito, há mais de um século... Alvito, há mais de um século...visto por Bulhão Pato (1828-1912)

Publicado: 2016-02-01
Cuide de Alvito como cuida da sua casa Todos juntos vamos conseguir uma terra mais limpa!

Publicado: 2013-12-04
Sala de estudo

Publicado: 2013-10-23
Novos órgãos da Freguesia já tomaram posse Os novos órgãos tomaram posse no dia 4, do corrente mês.

Publicado: 2013-10-16
VAMOS AO TEATRO Dia 19 de Fevereiro vamos ao Politeama

Publicado: 2013-07-15
Este ano, por termos aderido ao prémio em conjunto com a Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Vila Nova da Baronia, a configuração deste prémio será revista em 2016, na forma da sua atribuição.

Publicado: 2013-06-24
ANIMAR A PRAÇA 2016 Animar a Praça, na sua 21ª edição, começa já no próximo mês de junho. As noites de 6ª feira ou de sábado são as mais animadas da região nos próximos meses de Junho a Agosto.

Publicado: 2013-05-29
DOMINGOS FILOMENO MARQUES, um ilustre Alvitense ... Sabia que Domingos Marques, tenor, artista de cinema e de teatro, que contracenou com Amália no filme Capas Negras, era Natural de Alvito? Leia a notícia e veja a entrevista com o nosso conterrâneo.

Publicado: 2013-05-29
   Ver todas as Notícas »   
Contactos da Junta
Morada: Travessa do Prior Lampreia nº2
Código Postal: 7920 067 Alvito
Telefone: 284 485 282
Fax: 284485282
Email: alvito@freguesias.pt
Site: www.alvito.freguesias.pt
  RSS da Freguesia
Horário: De 2ª a 6ª Feira das 09:00 - 12:30 e das 14:00 às 17:30

Tlm da Junta: 925651139


Tlm do Presidente da Junta: 963084959


Email do Presidente da Junta: presidente.jfalv@gmail.com

Notícias
Agenda de Eventos
ALVITO É DE TODOS !
ALVITO É DE TODOS !
Actividades da Junta
Marchas 2016 Coro - Flores do Campo Sala de estudo
Ler mais...
ALVITO É DE TODOS !
Alvito é de Todos ...
Ler mais...
TODOS FAZEMOS A DIFERENÇA...
" Se CADA UM de nós varrer a rua frente à sua porta, o MUNDO inteiro estará limpo."
Ler mais...
Contactos sempre à mão
Contactos sempre à mão
HORÁRIO DOS COMBOIOS
HORÁRIO DOS COMBOIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Transportes Públicos-RODOVIÁRIA - HORÁRIOS
Espaço Empresarial
Ler mais...
Alvito era assim...
Alvito era assim...
Alvito era assim...
Neste espaço gostariamos de publicar fotografias antigas de Alvito. De ruas, casas, pessoas...
Ler mais...
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 2
Total: 147402
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos
Junta de Freguesia de Alvito © 2010 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px