.:: Junta de Freguesia de Freixo - Almeida ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
Início
Terça-Feira, 16.7.2024
 
Contacte-nos
Farmácias
Condiçoes Naturais
Quem chegar ao Freixo pode encontrar óptimas formas soluções para calmos passeios, desfrutando da paz que oferecem os caminhos por entre as terras, ainda não alcatroados. A fauna e a flora locais são diversas, embora não seja de esperar desta aldeia um jardim botânico ou um jardim zoológico ao natural...

Para além do gado (porcos, ovelhas, cabras, burros, bois, vacas, etc...), dos animais domésticos (cães e gatos) e das de capeira, encontramos na zona circundante da aldeia javalis, lobos, raposas, gatos bravos, texugos, cobras, lagartos, verdugos, coelhos e lebres. A presença de lobos e raposas nesta região é cada vez mais diminuta, mas esporadicamente ainda há notícias de ataques destes animais e rebanhos e capoeiras da aldeia. Coelhos e lebres são já mais numerosos, permitindo a quem esteja na aldeia acupar o dia com caça. Os caçadores procuram também aves e entre elas as que mais sobrevoam a aldeia são a pediz, o melro, o gaio, a pêga, a cotovia, o estorninho, o tordo, o pardal, a pintassilva, a megengra, o pisco, a carriça, o peneireiro, o gavião, o corvo, o marínteu, a rola, entre muitas outras. Andorinhas, cuscos e cegonhas também por vezes escolhem o Freixo para fazer ninhos.

A paisagem do Freixo apresenta abundante vegetação rasteira (giesta, tojo, etc.) e árvores tão diversas como o pinheiro, carrasqueira, o carvalho, o freixo, a oliveira, o sobreiro, o amieiro, etc. Claro que não podemos esquecer as ávores de fruto: figueiras, macieiras, pereiras, amendoeiras, nogueiras, cerejeiras, pessegueiros, castanheiros, videiras... a flora silvestre oferece ainda, no verão, as sumarentas amoras, tão abundantes que chegam a ser colhidas aos baldes para depois serem comercializadas.

Cursos de águas naturais não são muitos e são algo distante, como já vimos. Para chegar ao rio Côa, o de maior caudal na zona, é preciso um automóvel. Contudo, a ribeira das cabras parece ser também um cenário agradável para uma pausa refrescante num qualquer passeio a pé ou de bicicleta pelos trilhos naturais da zona. Em tempos era frequente a pesca no rio. Hoje, a pesca, tal como os banhos na ribeia, caiu em desuso.
Condiçoes Naturais
Quem chegar ao Freixo pode encontrar óptimas formas soluções para calmos passeios, desfrutando da paz que oferecem os caminhos...
Associação Cultural "Conheça a sua Aldeia - O Freixo"
Mapa Google
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 21
Total: 107446
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de Freixo - Almeida © 2009 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px