.:: Junta de São Bartolomeu de Regatos ::.
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação e aumentar a usabilidade do mesmo. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a informação sobre Politica de Privacidade e Política de cookies do site.
Aceitar
« »
Quinta-Feira, 25.7.2024
Locais de Interese (Património)
Património Natural e Construído

§  Igreja Paroquial de São Bartolomeu:

 

- A antiga igreja paroquial do século XVI, possuía uma única torre sineira e adro ajardinado. Apesar de melhorada em 1875, não era possível que os fiéis instalados nas naves laterais tivessem vista sobre o altar. Foi então que no início da década de 60, depois de um incêndio em 1963 e de um sismo em 1964 que danificou a igreja, que se organizou um movimento na paróquia com o intuito de reconstruir o edifício. Contudo, esta opinião não era do agrado de todos, já que parte da população pretendia manter a formatura inicial da igreja. Em 1 de Abril de 1964 dá-se início à recuperação da capela-mor e da sacristia. Os partidários da ampliação resolvem então, proceder à demolição das pilastras do interior da igreja, data da noite de 12 para 13 de Janeiro de 1965. A 1971 as obras estão concluídas e a igreja é sagrada pelo bispo diocesano D. Manuel Afonso de Carvalho.

Em 1980, a igreja volta a ser danificada com o grande sismo que afectou toda a ilha, e é reconstruída com os traços que actualmente se depara.  

 

    

 

                             

 

 

 

 

  • Império do Terreiro:

 

- Um dos maiores e mais ornamentados da ilha, foi construído em 1875, por Francisco Xavier de Melo e pelo cura António Coelho Ormonde. É em redor deste império que se realizam os tradicionais “bodos”. Uma tradição antiga, destinada à entrega das esmolas aos mais necessitados.

Mesmo em frente encontra-se a dispensa. Construída em 1938, com o intuito de servir de lugar de armazenamento do pão e do vinho servidos no bodo do Espírito Santo.  

 

       





  • Império dos Regatos:

     - Erguido em 1958, origina as Festas dos Regatos, com a tradicional coroação e o bodo de leite, grupos musicais, e culminando com a habitual tourada à corda. Os primeiros impérios dos Regatos eram de faia e madeira, situado primeiramente na Cova e mais tarde no Outeiro. A coroa do Espírito Santo deste império, tem mais de 70 anos, e foi paga com o trabalho das bordadeiras daquela zona.


                             





§  Ermida Nossa Senhora dos Milagres:

 

    - Propriedade de um privado (Família Pacheco), erecta por Luís Jacinto Pacheco, abriu ao culto a 8 de Agosto de 1902. Em torno desta ermida realizam-se anualmente as festas da Senhora Dos Milagres do Pesqueiro.


                   







§  Núcleo museológico de São Bartolomeu:


    - Inaugurado a 30 de Outubro de 2005, utiliza o espaço da antiga “Leitaria Esperança”, uma cooperativa agrícola fundada em 1918 no contexto do sindicalismo agrícola.

    Um repositório do passado e da memória geográfica, social e cultural de São Bartolomeu, mas sobretudo uma ponte cultural entre as diversas formas de culturas e saberes, um centro de cultura vivo e presente da comunidade que pretende representar, um modelo modelador do seu futuro.

    Para além de preservar a memória da extinta cooperativa, com os seus utensílios e história, dispõe também de uma cozinha tradicional, reconstruída como lugar de confecção dos alimentos e de convívio. É feita a apresentação das actividades sociais, económicas, religiosas e culturais de São Bartolomeu, bem como da evolução das festas da freguesia.


      

 





§  Lagoa das Patas (ou da Falca):

 

   - Lagoa de pequena dimensão situada junto a uma ribeira de origem na Serra de Santa Bárbara, que a alimenta.

Espaço com parque de merendas rodeado por florestas de criptomérias, e por uma grande variedade de flora, principalmente composta por cedro-do-mato (Juniperus brevifolia), urze (eriça azorica) e a faia-da-terra (Myrica faya). Verifica-se também a existência de diversas aves, como o pato bravo, o ganso, o pardal, a lambandeira, o melro e o estroninho. 

 

                        






§  Viveiros da Falca:

 

   - Zona de viveiro protegida de várias espécies de plantas exóticas e comuns, criada pela Administração Florestal da Ilha Terceira.

Espaço de piquenique e descanso, percorrido por uma ribeira que nasce na Serra de Santa Bárbara, repleto de camélias e azélias, e rodeado por bosques de criptomérias.


                              





§  Pico dos frades:

 

   - Cone vulcânico constituído por bagacina basáltica localizado na parte sudoeste da ilha Terceira. Eleva-se a 325 metros de altitude acima do nível médio do mar e encontra-se relacionado com a formação geológica dos contrafortes do vulcão de Santa Bárbara do qual faz parte.

    Neste realizava-se anualmente uma tradicional e famosa corrida de touros à corda, que deslocava centenas de pessoas das populações vizinhas.





§  Quinta Jesus, Maria e José:

 

    Propriedade da família Rebelo. Nesta quinta, no Pesqueiro, está presente a Ermida da Sagrada Família, com mais de 400 anos.

    A ermida foi gravemente atingida pelo sismo de 1980, tendo sido construída nos anos que seguiram, pelos seus proprietários.

 


  •    Quinta do Espírito Santo:

     - Propriedade rural datada, pelo menos, dos inícios do século XVIII. Encontra-se classificada como imóvel de interesse municipal, desde 29 de Setembro de 2010.

     - Mantém a divisão funcional característica, antigamente habitual na Ilha Terceira, repartida por edifícios e área de proximidade, com jardim; área de pomares, onde se conjugam espécies europeias com outras brasileiras, africanas e americanas; e áreas de cerrados, atualmente adaptados a pastagem. As divisórias são realizadas com arvoredo de abrigo, paredes e paredões.

     - Desde há seis gerações na posse da família, nela residiu o poeta, pintor e escultor Francisco Coelho Maduro Dias (1904-1986).

     - Integra, desde 2012 um projeto de turismo de habitação.

 

§  Chafarizes:


 

    - Ao longo dos anos e à medida que a freguesia se foi expandindo, foi necessária a construção de vários chafarizes destinados ao abastecimento de água às pessoas e aos animais. 


                               





§  Miradouro da Chanoca:

 

    - Local onde poderá obter uma bela vista das arribas que seguem no litoral da freguesia. Um miradouro que convida a uma ambientação no espaço, onde também se podem encontrar as tradicionais pias e escorredouros de pedra, que em tempos foram utilizados pelas mulheres bartolomenses.


                          



 


           
Visite-nos
Localização da freguesia na ilha Terceira
Localização da freguesia na ilha Terceira
Mapa da Freguesia
Mapa da Freguesia
Visitas
.::Visitas::.
Hoje: 31
Total: 155232
Início Autarcas Freguesia Informações Notícias Mapa do Portal Contactos Política de Privacidade
Junta de Freguesia de © 2008 Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por FREGUESIAS.PT
Portal optimizado para resolução de 1024px por 768px